NOTÍCIAS

Recursos disponibilizados pelo Bandes apoiam empresas no norte do Espírito Santo

13 de janeiro de 2022 às 11:46
Compartilhe essa notícia

Dados divulgados pelo Banco de Desenvolvimento do Espírito Santo (Bandes) colocam os municípios da Região Norte do estado em destaque na concessão do crédito da linha emergencial, vinculada ao Fundo de Proteção ao Emprego. Desde o início da operação nos municípios, os empresários já contrataram, em capital de giro, mais de R$ 22 milhões em recursos que apoiam a recuperação econômica e o enfrentamento dos impactos que as restrições que o isolamento necessário na pandemia de Covid-19 provocaram.

O diretor-presidente do Bandes, Munir Abud de Oliveira, destacou que o acesso a este crédito faz parte das medidas adotadas para dar condições aos empresários de mitigar os impactos econômicos e as perdas que sofreram. “A finalidade de recuperação econômica com capital de giro faz parte de um pacote de medidas socioeconômicas, com condições facilitadas e dispensa de certidões, o que amplia o leque de empresas que podem acessar os recursos e os direciona exatamente a quem precisa”, explicou.

Em todo o estado, mais de quatro mil postos de trabalho foram mantidos ou gerados por empresas que buscaram o apoio do Fundo. O levantamento feito pelo banco capixaba mostrou que, com os recursos, muitos empresários de micro, pequeno e médio portes, de vários setores, não precisaram demitir e alguns deles até contrataram novos empregados.

“Com a pandemia, muitos empreendimentos tiveram substancial e justificável preocupação com a manutenção do emprego e da renda dos funcionários”, pontuou o diretor-presidente do Bandes.

Nos próximos meses, o foco será a nova linha de capital de giro, a Bandes Retomada, que é a mais recente captação do banco capixaba. Cerca de R$ 170 milhões serão destinados para fomentar e impulsionar a retomada gradual da economia no Espírito Santo.

O diretor de Negócios do Bandes, Marcos Kneip Navarro, disse que o Bandes ampliou a disponibilidade de recursos para o empresariado, por meio de uma nova linha de crédito, a Bandes retomada, focada em capital de giro, com condições operacionais adequadas para acelerar o novo ciclo de desenvolvimento capixaba.

“O Bandes oferta aos empresários da região norte linhas de financiamento que atendem empresas de diferentes portes e modelos de negócio, contribuindo com a disponibilidade de recursos para o investimento na implantação, modernização, inovação, aquisição de maquinário e capital de giro. Com a priorização de setores econômicos, o Bandes atua para criar um ambiente de negócios propício à aceleração da dinâmica econômica local”, acrescentou Navarro.

A linha de crédito Bandes Retomada é destinada ao apoio às empresas com capital de giro, no valor de até R$ 5 milhões, e prazo total de até cinco anos, incluindo carência de até um ano. Os recursos da linha são provenientes de uma captação com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) para ampliar a disponibilidade de linhas de financiamento para capital de giro emergencial destinado a micro, pequenas e médias empresas (MPMEs) capixabas.

A busca por ampliar os recursos disponíveis do Bandes para movimentar a econômica capixaba é uma forma do banco de contribuir para que os empresários possam realizar novos investimento e se preparar para o novo ciclo econômico. Com US$ 30 milhões disponíveis, o banco pretende impulsionar os empresários capixabas na retomada econômica. Além disso, pelo convênio com o banco internacional, a linha também vai destinar, no mínimo, 20% das operações de financiamentos para empresas lideradas por mulheres.

Fonte: Ascom/Bandes