NOTÍCIAS

GoiásFomento anuncia linha de crédito específica para guias de turismo

10 de junho de 2020 às 15:47
Compartilhe essa notícia

A Agência de Fomento de Goiás e a Goiás Turismo anunciaram a criação da linha crédito GF Turismo Microcrédito Orientado Guias de Turismo, que será operacionalizado com recursos do Fundo Geral de Turismo (Fungetur), repassados pelo Ministério do Turismo. Essa modalidade vai financiar o capital de giro dessa categoria de profissionais do estado. Os  beneficiados devem estar inscritos e regulares no Sistema Nacional de Cadastro dos Prestadores de Serviços Turísticos (Cadastur) até o dia 31 de março.

Inicialmente, por determinação do governador Ronaldo Caiado, a GoiásFomento vai disponibilizar R$ 1,4 milhão para esta nova linha de crédito. O valor a ser financiado é de até R$ 8 mil por tomador. Os interessados serão encaminhados ao Sebrae Goiás para receber orientação e capacitação profissional. A linha de crédito GF Turismo Microcrédito Orientado Guias de Turismo terá encargos financeiros de 2,5% ao ano mais INPC. O prazo de pagamento é de até 48 meses, incluindo até 12 meses de carência.

Para pleitear o empréstimo, o guia de turismo deve estar inscrito como MEI-Microempreendedor Individual. Os recursos do financiamento serão liberados em até oito parcelas iguais e consecutivas, durante o período de carência. O tomador de crédito poderá utilizar até 80% de garantia complementar do Fundo de Aval das Micro e Pequenas Empresas (Fampe) do Sebrae, que também é operacionalizado pela agência de fomento.

Mais recursos

O presidente da GoiásFomento, Rivael Aguiar, informou que, além da linha de crédito para os guias de turismo, a instituição financeira assinou contrato com o Ministério do Turismo para a liberação de R$ 11 milhões do Fungetur. Esse montante será destinado às linhas de crédito já existentes voltadas ao setor turístico no estado. Ao todo, a agência disponibiliza R$ 26 milhões para este segmento. Rivael Aguiar ressaltou a atuação do presidente da Goiás Turismo, Fabrício Amaral, junto ao Ministério do Turismo, para a captação da verba para Goiás. “O turismo é uma das atividades econômicas mais afetadas pela pandemia da Covid-19 e será um dos setores que enfrentará maiores dificuldades para sua retomada. É justo que os empreendedores turísticos recebam  atenção especial do Governo de Goiás, através  GoiásFomento e Goiás Turismo”, declara. No início de maio, a instituição, por meio de contrato com o Ministério do Turismo, passou a oferecer taxa de juros menor e carência estendida na linha de crédito GoiásFomento Fungetur Giro Puro, destinada a micro, pequenas e médias empresas do setor turístico.

O presidente da Goiás Turismo, Fabrício Amaral, informou que poucos estados conseguiram os recursos do Fungetur. “Fizemos uma forte articulação junto ao Governo Federal e, com isso, vamos beneficiar as pessoas que vivem do Turismo e minimizar a situação difícil que estão enfrentando, oferecendo as linhas de crédito com carência de longo prazo”, afirmou.

Fonte: Ascom/GoiásFomento