NOTÍCIAS

GoiásFomento disponibiliza mais de R$ 21 milhões para financiamentos pelo Pronampe

4 de setembro de 2020 às 11:58
Compartilhe essa notícia

Na última terça-feira (1º/09), a Agência de Fomento de Goiás (GoiásFomento) anunciou o valor pré-aprovado em financiamentos pelo Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe). Os investimentos da União voltados aos empreendedores goianos ultrapassará a marca de R$ 2,5 bilhões.

O governador de Goiás destacou que se trata de mais uma iniciativa para movimentar a economia nesse período pós-pandemia e incentivar o empresariado goiano, especialmente aqueles que mais precisam.

“[O crédito] é fundamental para continuar a proteger e não deixar com que as pessoas que são capazes de movimentar essa máquina se decepcionem ou que sejam excluídas da oportunidade do trabalho”, disse o governador. Para ele, o programa do Governo Federal tem um formato inteligente, que consegue driblar a burocracia e garantir que o dinheiro chegue rapidamente ao bolso dos empreendedores, gerando emprego e renda.

Autorizadas 

O Pronampe foi instituído pela Lei 13.999 de 18 de maio de 2020, e é destinado ao desenvolvimento e o fortalecimento dos pequenos negócios. O programa foi criado para socorrer o setor em meio à pandemia do novo coronavírus.

Em uma semana, a GoiásFomento já pré-aprovou montante de aproximadamente R$ 18 milhões em propostas de financiamento por meio do Pronampe.  As contratações dessa segunda fase do Programa foram autorizadas pelo governo a partir da quinta-feira (03/09).

De acordo com o presidente da GoiásFomento, Rivael Aguiar, cada empresa poderá obter até R$ 100 mil, limitado a 30% do faturamento da empresa nos últimos 12 meses ou 50% do capital social, no caso das empresas com menos de um ano de funcionamento.

Os juros são os mais baixos no mercado brasileiro: Selic mais 1,25% ao ano. O prazo para pagamento é de até 36 meses com oito meses de carência.

“Entendemos que o Pronampe é um programa que de fato tem cumprido com seu objetivo, fazer com que o crédito chegue aos empresários de micro e pequeno porte”, destacou Rivael. Ele acrescentou que o programa permite uma desburocratização muito grande na análise das propostas de crédito, tanto que em menos de cinco dias a GoiásFomento já pré-aprovou cerca de R$ 18 milhões, devendo chegar aos mais de R$ 21 milhões antes do feriado de 7 de setembro.

Para ele, a iniciativa vai oferecer auxílio financeiro às empresas que mais enfrentam dificuldades nesse período de efeitos da pandemia nos negócios. Lembrou ainda que muitos empresários não conseguiram obter financiamento no âmbito do Pronampe nos bancos de varejo, mas a GoiásFomento está acolhendo essas empresas para poder fazer com que o crédito chegue a elas.

Fonte: Ascom/GoíasFomento