NOTÍCIAS

Fomento Paraná fecha 2021 com 13 mil contratos com micro e pequenos empreendedores

11 de janeiro de 2022 às 10:40
Compartilhe essa notícia

A Agência de Fomento do Paraná (Fomento Paraná) fechou o ano de 2021 com mais de R$ 105 milhões em operações de microcrédito contratadas. Foram cerca de 13 mil empreendedores beneficiados, com destaque para o mês de dezembro, com R$ 9,6 milhões liberados para apoiar empreendimentos informais, Micro Empreendedores Individuais (MEis) e empresas de micro e pequeno porte de todo o Paraná.

“Foi um ano extraordinário para o microcrédito da Fomento Paraná. Estes mais de R$ 100 milhões estão ajudando cada microempreendedor que buscou o crédito, seja para melhorar o fluxo de caixa ou para investir em melhorias nas empresas”, afirma Heraldo Neves, diretor-presidente da instituição. 

De acordo com ele, o esforço no microcrédito é importante porque pulveriza os recursos por todo o estado. “Esse dinheiro gira na economia de cada município que tenha um empreendedor financiado, ou seja, o crédito da Fomento Paraná tem um efeito multiplicador benéfico para a economia de todos os municípios”, explica o diretor-presidente.

Do total contabilizado, R$ 79 milhões são de operações de microcrédito de até R$ 20 mil cada e os demais R$ 26 milhões distribuídos em mais de 6 mil financiamentos do Programa Paraná Recupera, linha de crédito com recursos do Fundo de Desenvolvimento Econômico (FDE), criada para ajudar a minimizar os efeitos da pandemia da Covid-19 nas atividades econômicas.

Para aumentar o número de empreendimentos atendidos, a instituição passou por diversas melhorias técnicas. “Ao longo do ano ajustamos e aceleramos a esteira de análise para dar uma resposta mais rápida ao empreendedor, com consultas cadastrais automatizadas, análises simplificadas e novas formas de garantia para permitir mais facilidade de acesso ao crédito aos empreendedores, além de melhorias nas condições de financiamento, inclusive com redução de juros”, explica Renato Maçaneiro, diretor de Operações do Setor Privado.

Um dos empreendedores beneficiados é o profissional de marketing e consultor financeiro Flávio Caiado, de 26 anos. O empreendedor de Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba, procurou a instituição em busca de crédito para construir um escritório em casa; “O espaço próprio vai me possibilitar atender os clientes sem precisar me deslocar. Além de trazer economia, vai otimizar o trabalho”, afirma Flávio. 

“A Fomento Paraná é excepcional. Desde o início foram muito atenciosos. Agradeço muito por todo o suporte dado pela Fomento Paraná aos empresários que, como eu, precisaram de um empréstimo e conseguiram”, finalizou.

Fonte: Ascom/Fomento Paraná