NOTÍCIAS

Fomento Paraná comemora 20 anos com R$ 2 bilhões em ativos

21 de novembro de 2019 às 10:00
Compartilhe essa notícia

A diretoria e os funcionários da Agência de Fomento do Paraná (Fomento Paraná) comemoraram na sexta-feira (08/11), em uma café da manhã, os 20 anos da instituição, que teve o funcionamento autorizado pelo Banco Central do Brasil em 08 de novembro de 1999. Na reunião, o diretor-presidente Heraldo Neves destacou a importância dos colaboradores desde o início das atividades para que a agência atingisse o patamar atual, com ativos que somam mais de R$ 2 bilhões e uma carteira de crédito com saldo em torno de R$ 1,2 bilhão.

Neves falou também sobre o bom momento vivido pela instituição e traçou um panorama sobre os acontecimentos recentes em âmbito nacional que podem afetar os rumos da empresa e do Sistema Nacional de Fomento, a partir das Propostas de Emenda Constitucional encaminhadas pelo Governo Federal para apreciação do Congresso Nacional. “Estamos atentos e criamos inclusive um grupo de trabalho para estudar as medidas propostas e as ações necessárias para atuar no que for preciso para defender os interesses e qualidades do Sistema, para que este instrumento que é a Fomento Paraná possa prevalecer por muitos anos”, afirmou.

Outro ponto valorizado pelo diretor na história e no desempenho da instituição são as parcerias, que permitem a atuação em uma robusta rede. O Sistema de Financiamento aos Municípios, que conta com a Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Obras Públicas e o Serviço Social Autônomo Paranacidade; as parcerias com municípios e o Sebrae para capacitação e manutenção dos agentes de crédito, e mais recentemente as federações e associações comerciais, com a criação da rede de correspondentes. Há também a parceria com o BRDE e a Invest Paraná, no Sistema Paranaense de Fomento, que atuam de forma coordenada e complementar.

“A essência da atuação da Fomento Paraná é atuar em rede. Somente existimos em função dessas parcerias e esta é a razão de valorizarmos nossos parceiros”, disse o diretor-presidente. “Presto nossas homenagens ao Sistema de Financiamento aos Municípios e, especialmente, aos agentes de crédito, que formam uma rede belíssima, apaixonada pelo que faz, e que já nos ajudou a colocar mais de R$ 900 milhões no mercado de crédito paranaense, com um saldo de carteira que beira os R$ 100 milhões somente em microcrédito”.

De acordo com o diretor, entre os próximos desafios da instituição estão a ampliação da atuação da rede de parceiros para chegar, no mínimo, a 300 municípios; a continuidade do processo de automação; a entrega de novos fundos; e a instalação do Hub de Inovação do Sistema Paranaenses de Fomento.

 

Fonte: Ascom/Fomento Paraná