NOTÍCIAS

Cooperativas podem levar BDMG aos quatro cantos de Minas

31 de julho de 2011 às 0:00
Compartilhe essa notícia

O Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais ( BDMG)  e o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de Minas Gerais (Sebrae/MG) já estão formatando o treinamento que será oferecido aos representantes das cooperativas de crédito que forem aceitas como correspondentes bancárias do BDMG. Dede o dia 3 agosto o edital de credenciamento está publicado no site do banco www.bdmg.mg.gov.br e as dúvidas podem ser encaminhadas para o e-mail correspondente@bdmg.mg.gov.br. O atendimento também está sendo feito pelo telefone (031) 3219- 8256, nos dias úteis, no horário dão ate 14 às 18 horas.

O presidente do BDMG, Matheus de Carvalho, disse que o corresponde bancário faz parte de um projeto maior de atendimento ao cliente. O objetivo do banco é estar presente em todo o estado oferecendo crédito aos empresários de todos os portes, principalmente para as micro, pequenas e médias empresas. “Como banco de desenvolvimento que somos, temos que nos antecipar, oferecendo mais esta opção ao empresário que é o grande responsável pelo movimento da economia em nosso estado e, principalmente, pela criação de empregos “, ressalta.

Os presidentes das centrais demonstram entusiasmo com o projeto. Alberto Ferreira, presidente da Cooperativa Central de Crédito de Minas Gerais Ltda (Sicoob Central Crediminas), enviou correspondência a todas as 83 associadas estimulando o credenciamento. “Tenho notícia de que muitas já estão se preparando. Tenho certeza de este é um projeto de sucesso”, afirma. Segundo ele, contando com os postos de atendimento, as associadas da Crediminas chegam a cerca de 500 municípios. “Nossa parceria com o BDMG é antiga, principalmente no atendimento aos produtores rurais. Agora vamos poder oferecer ao banco a nossa capilaridade e aos nossos associados recursos com juros baixos, com boa carência e bom prazo”, avalia.

Ronaldo Scucato, presidente do Sistema Ocemg/Sescoop-MG, também está otimista. “Vamos abrir para os nossos associados um grande cenário de acesso ao crédito. Isso é bom para as cooperativas e bom para o banco, que vai aproveitar a nossa capilaridade para estar presente na maioria dos municípios”. Ele informou que a Ocemg tem cerca de 180 cooperativas associadas e ainda os Postos de Atendimento aos Cooperados (PAC) em centenas de municípios, sendo que muitos deles não são sequer servidos pela rede bancária.

Para o diretor-presidente do Central das Cooperativas de Economia e Crédito de Minas Gerais Ltda (Sicoob Central Cecremge), Luiz Gonzaga Viana Lage, “este é um momento muito oportuno para juntar forças e alavancar novos negócios nas cooperativas de crédito em Minas”. Sua expectativa é de que com a consolidação da parceria firmada com BDMG, através do produto correspondente bancário, as cooperativas disponham de soluções financeiras cada vez mais completas e ajustadas às necessidades dos associados. “Isso reforça nosso objetivo de tornar as cooperativas instituições plenas no atendimento  e na oferta de produtos e serviços aos cooperados.”

Fonte: BDMG.