NOTÍCIAS

BNDES assina contrato para realização de estudos de 272 km de rodovias em PE

30 de setembro de 2021 às 14:00
Compartilhe essa notícia

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) assinou um contrato com o Governo de Pernambuco para realização de estudos para a desestatização de trechos rodoviários no estado. O projeto contempla quatro rodovias, totalizando 272 quilômetros que passam por 30 municípios, e os estudos preliminares estimam investimentos de R$ 850 milhões ao longo do prazo de concessão nessas rodovias.

A expectativa é que o processo possa facilitar o escoamento de cargas de importantes polos logísticos e industriais na região metropolitana de Recife e no interior, como é o caso do complexo de Suape e do polo industrial de Vitória de Santo Antão; fortalecer o turismo no litoral sul, gerando emprego e renda; e estimular o desenvolvimento de cidades do agreste pernambucano que têm se destacado nacionalmente na produção de roupas, como Toritama.

O BNDES definirá o escopo dos estudos a serem realizados, contratará os consultores para suporte à execução do trabalho, coordenará e fiscalizará o trabalho desenvolvido. A contratação do BNDES se deu a partir de acordo de cooperação técnica, firmado em 2017, com objetivo de planejar projetos de desestatização, de interesse de Pernambuco. 

“A atuação do BNDES segue o conceito de ‘one stop shop’ para o cliente público, começando na originação dos projetos, conjugando os objetivos das políticas públicas com a viabilidade do ponto de vista do futuro investidor. Em seguida é feita a estruturação propriamente dita, com o apoio de consultores especializados, caminhando até a fase da ida ao mercado, com o leilão do projeto. O BNDES permanece atuando no pós-leilão, dando suporte caso haja qualquer judicialização. Por fim, caso necessário, pode ainda prover o financiamento para implementação do projeto”, explicou o diretor de Infraestrutura, Concessões e PPPs do BNDES, Fábio Abrahão

Nos últimos meses, o BNDES firmou contratos similares a esse de Pernambuco (PE) com os estados de Minas Gerais (MG) e Rio Grande do Sul (RS). Somados ao contrato estabelecido com o governo federal em maio, o BNDES terá em curso estudos para desestatizar 15 mil km em todo o país. “O BNDES está preparado para ajudar o país na retomada da economia, com um foco especial nas regiões Norte e Nordeste, gerando impacto social. Para isso, temos uma carteira de projetos em estruturação com potencial de gerar investimentos estimados em R$ 200 bilhões”, completou o diretor.

Fonte: Ascom/BNDES