NOTÍCIAS

BB aplica 46% dos recursos do FCO para 2011

31 de julho de 2011 às 0:00
Compartilhe essa notícia

No primeiro semestre deste ano, o Banco do Brasil já contratou R$ 2,2 bilhões em operações do Fundo Constitucional do Centro-Oeste (FCO). Esses recursos representam 46% do total previsto para 2011 (R$ 4,8 bilhões), e equivalem a um crescimento de 28% em relação ao mesmo período do ano anterior.

Foram contratadas 36 mil operações no período de janeiro a junho, que proporcionaram a geração ou manutenção de 226 mil empregos na Região Centro-Oeste. Dos 466 municípios da Região, 464 foram beneficiados com recursos do FCO neste ano, e o saldo da carteira de financiamentos alcançou R$ 14 bilhões.

Os recursos do FCO são destinados ao financiamento de atividades produtivas na Região Centro-Oeste nos setores rural, industrial, agroindustrial, mineral, turístico, comercial, de serviços e de infraestrutura econômica. O beneficiário pode ser financiado em qualquer parte do Brasil, desde que o investimento seja no Distrito Federal ou nos estados de Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul.

As condições de financiamento do FCO são diferenciadas, com prazo de até 20 anos para pagar, incluído o período de carência de até 12 anos. As taxas de juros são reduzidas e há bônus de adimplência com desconto de 15% sobre a taxa contratada para os pagamentos realizados até o vencimento.

 

Nova opção para o empreendedor individual com recursos do FCO

O empreendedor individual (EI) passou a contar com mais uma opção de financiamento no Banco do Brasil. Trata-se de linha de crédito com recursos do FCO, com condições especiais para o financiamento de investimentos, capital de giro associado, aquisição de insumos e matéria-prima, além de formação de estoques para vendas.

É possível financiar até 100% dos investimentos, limitado a R$ 36 mil, com até 36 meses para pagar, incluída a carência de até três meses. Os encargos financeiros para o empreendedor individual, com bônus de adimplência, são de 5,74% a.a.

Além do empreendedor individual, o FCO tem como prioridade a aplicação em projetos de apoio aos mini e pequenos produtores rurais e às micro e pequenas empresas, suas cooperativas e associações.

Siga o BB no Twitter: http://twitter.com/bancodobrasil

Fonte: Assessoria de Imprensa / Banco do Brasil.