NOTÍCIAS

AgeRio disponibiliza linhas de crédito emergenciais para empreendedores

7 de fevereiro de 2020 às 11:28
Compartilhe essa notícia

A Agência de Fomento do Estado do Rio de Janeiro (AgeRio), vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Energia e Relações Internacionais, abriu linhas de crédito com condições especiais para apoiar empreendedores que tiveram seus negócios prejudicados pelas fortes chuvas que atingiram as Regiões Norte e Noroeste do estado. Segundo o presidente da AgeRio, Alexandre Rodrigues, o valor das linhas de crédito pode chegar a R$ 50 mil, com prazo de carência, sem incidência de pagamento de juros.

“Inicialmente foram identificados impactos relevantes na economia local dos municípios de Bom Jesus de Itabapoana, Italva, Itaperuna, Porciúncula, Laje de Muriaé, Natividade, Cardoso Moreira e Santo Antônio de Pádua. No entanto, empreendedores de outros municípios da região que também tenham sido impactados pelos eventos poderão ser contemplados pelo programa emergencial”, afirmou o presidente da agência.

O Programa Emergencial da AgeRio no Norte e Noroeste contará com o apoio das prefeituras locais para cadastramento e encaminhamento dos empreendedores que tiveram seus negócios afetados. Serão disponibilizadas duas linhas de crédito: a linha de Microcrédito Produtivo Orientado (MPO) para o público de microempreendedores informais e MEI – variando de R$ 500 a R$ 10 mil – e a linha Simplificada, para o público de Micro e Pequenas Empresas – com valores entre R$ 21 mil a R$ 50 mil – de acordo com o porte e a necessidade do empreendimento.

“O objetivo é oferecer soluções financeiras em caráter emergencial para apoiar os negócios impactados pelas chuvas, viabilizando a manutenção e o reestabelecimento do seu funcionamento. Com isso, queremos acelerar a reativação da economia local e minimizar os impactos sofridos pelos comerciantes, prestadores de serviços e empresários”, explicou Alexandre Rodrigues.

Após o cadastramento e a coleta dos documentos necessários por agentes de crédito locais, a AgeRio realizará a análise, contratação e liberação dos financiamentos.

“Para essas operações de crédito enquadradas no Programa será oferecida também a possibilidade de inclusão de um período de carência, sem incidência de pagamento de juros, de acordo com a capacidade de pagamento do empreendedor. Além disso, as tarifas incidentes sobre a operação também serão financiadas. Queremos dar o máximo de agilidade possível a todos os procedimentos de obtenção das linhas de créditos”, ressaltou o presidente.

Quem tiver interesse na linha de Microcrédito Produtivo Orientado (MPO) pode procurar a prefeitura local para se informar onde acontecerá o atendimento, já os financiamentos às Micro e Pequenas Empresas podem ser solicitadas diretamente no site da AgeRio (www.agerio.com.br/programa-emergencial).

Confira as condições das linhas de crédito:

Linha de Microcrédito Produtivo Orientado – Créditos de R$ 500 a R$ 10 mil:

Público: microempreendedores informais e MEI

Prazo total de até 18 meses, com carência de até 6 meses (sem incidência de pagamento de juros)

Taxa mensal de 2,98% a.m.

Linha Simplificada – Créditos de R$ 21 mil até R$ 50 mil:

Público: Micro e Pequenas Empresas

Prazo total de até 60 meses, com carência de até 18 meses (sem incidência de pagamento de juros)

Taxa a partir de 1,1% a.m.

 

Fonte: Ascom/AgeRio