BLOG

HUBS E STARTUPS COMO SOLUÇÕES DE INOVAÇÃO E FOMENTO

23 de janeiro de 2020 às 14:48
Compartilhe essa notícia

Os hubs se multiplicam cada vez mais pelo país, trazendo variantes aliadas ao desenvolvimento nacional. Os hubs de inovação são espaços que reúnem as famosas startups, ou empresas em ascensão, fornecendo diversas iniciativas e oportunidades inovadoras para as empresas maiores e potenciais investidores, que buscam contratar estes serviços ou, até mesmo, adquirir uma startup.

O Banco do Nordeste, um dos integrantes da rede de IFDs do SNF, valorizando os novos empreendimentos, lançou seu próprio hub em 2016: o Hubine, que atua no incentivo ao empreendedorismo e na gestão de inovação em bancos e empresas da região. Apoiando startups e buscando firmar uma cultura interna de inovação, o Banco do Nordeste utiliza esse hub para focar em eixos indispensáveis para o desenvolvimento nordestino, apoiando setores como o da economia criativa.

Caminhando pelo mesmo trajeto, foi criado, em 2018, o hub multissetorial do Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG): o Hubble. Este, também na intenção de apoio às empresas ascendentes, utiliza tecnologia intensiva para proporcionar um ambiente valioso de troca entre as startups e o mercado e para promover a inovação no setor produtivo mineiro, utilizando financiamentos de empresas de viés tecnológico, projetos e fundos de participação indireta. Na sua primeira rodada, o Hubble selecionou 15 fintechs e startups de software de gerenciamento, oferecendo mentoria e viabilizando a conexão entre os envolvidos.

Existem mais exemplos de IFDs agregadas ao SNF que fazem uso desse modelo de iniciativa: o BNDES Garagem, também de 2018, une, igualmente, o empreendedorismo nacional e o apoio ao desenvolvimento das startups. Por meio dessa iniciativa, o BNDES oferece serviços e oportunidades de geração de valor para essas empresas, além de mentoria, recursos financeiros e estrutura. O BNDEs divide o Garagem em dois eixos: o primeiro foca em desenvolver empresas; o segundo procura se voltar para a criação de um centro de inovação.

Já em São Paulo, o AgTech Garage, hub de inovação de Piracicaba (SP), é parceiro da instituição Sicredi, abrigando agritechs, que são startups voltadas ao agronegócio e ao desenvolvimento de soluções inovadoras para o setor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *