BLOG

A IMPORTÂNCIA DO FINANCIAMENTO PÚBLICO NO SUL DO PAÍS

17 de março de 2020 às 12:53
Compartilhe essa notícia

Para resolver gargalos em infraestrutura e reduzir a desigualdade regional, o Ministério das Cidades, atual Ministério do Desenvolvimento Regional, criou o Programa Avançar Cidades, cujos recursos são oriundos do FGTS. A previsão inicial, em 2017, era de que fossem repassados R$ 3,7 bilhões pelas IFDs em projetos municipais. Em 2018, o BRDE realizou o financiamento orçado em R$ 17,1 milhões para o município de Colombo, no Paraná. O projeto tinha como objetivo pavimentar importantes vias da cidade. Este investimento implicou na melhoria da locomoção de 5.000 habitantes.

Em outra ponta, por intermédio da linha Badesul Cidades, a agência de fomento do Rio Grande do Sul viabiliza investimentos em infraestrutura urbana e rural para projetos sociais e estruturais nas mais diversas regiões do estado. No município Estrela, de 30 mil habitantes, foram investidos R$ 4 milhões na pavimentação e construção de drenagem pluvial das vias dos bairros que nunca haviam sido beneficiados por obras de infraestrutura.

A Fomento Paraná, por sua vez, superou a marca de mil contratos de Operações do Setor Público, por meio do Sistema de Financiamento aos municípios, e contabiliza R$ 1,85 bilhão em financiamentos concedidos, atendendo mais de 300 municípios paranaenses nos últimos anos. Os recursos são aplicados principalmente em melhorias da infraestrutura urbana, como pavimentação de vias, integrados a projetos de saneamento básico com a construção de calçadas com acessibilidade. Escolas, postos de saúde, ginásios esportivos, sistemas de abastecimento e outros projetos também têm sido contemplados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *