NOTÍCIAS

Novo presidente do BDMG toma posse

5 de abril de 2019 às 17:27
Compartilhe essa notícia

O novo presidente do Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG), Sérgio Gusmão Suchodolski, tomou posse nessa sexta-feira (5/4), em cerimônia realizada na sede da instituição, em Belo Horizonte, com a presença do governador em exercício, Paulo Brant. A ABDE participou do evento, representada pelo secretário-executivo da Associação, Marco Antonio Lima.

Em seu discurso, Sérgio Gusmão Suchodolski ressaltou o engajamento do banco em “alavancar o crescimento regional e ser um importante braço financeiro a serviço do desenvolvimento de Minas Gerais e o compromisso para com a inovação e o desenvolvimento social e econômico do estado”.

“Esse lado da modernização, do reposicionamento do banco é fundamental. Vamos preparar essa instituição, que tem 56 anos, para os próximos 56. Garantir que o BDMG seja um banco de desenvolvimento do século XXI, um patrimônio dos mineiros. E a gente pretende implementar uma gestão com muita eficiência, modernidade e diversificação dos produtos que o banco oferece à sociedade mineira. A tecnologia facilitará o acesso da população para tomar linhas de financiamento. Isso já ocorre por meio do BDMG Web e precisa dar um outro escalonamento, porque a tecnologia está sempre em movimento e a gente precisa implementar ações que mantenham o banco na vanguarda, e não na retaguarda”, afirmou.

Ele também frisou o trabalho da instituição em atuar junto aos municípios e ao setor privado, além da atuação conjunta aos governos estadual e federal nas áreas de inovação. O diretor-presidente ainda destacou a busca por troca de experiências, investimentos e atração de novas empresas internacionais para o país, como a missão do governador Romeu Zema nos Estados Unidos, onde cumpre agenda de trabalho com foco na atração de novos negócios para Minas.

O governador em exercício, Paulo Brant, destacou a importância do órgão de fomento para ajudar o estado a retomar o caminho do crescimento econômico. “O Estado pode ser um tutor, um catalisador de novos investimentos. Esse banco tem gente qualificadíssima, tradição bancária, e uma história não só de competência, mas de uma instituição republicana. O banco vai ter um papel crucial e de grandes inspirações nesse processo. Se a gente conseguir criar aqui em Minas um ambiente de negócios, segurança jurídica, gerar bons projetos, nós vamos certamente sair dessa crise muito melhor do que entramos. Essa é a responsabilidade enorme do banco no sentido de relançar a economia de Minas”, afirmou o governador.

Paulo Brant endossou o discurso do novo presidente de modernização e uso das novas tecnologias para o desenvolvimento de políticas públicas. “O nosso grande desafio é tirar o estado desta crise, e é fundamental que a gente incorpore nas políticas públicas, na visão de Estado, essa chamada transformação digital. Não é apenas digitalizar processos, é muito mais do que isso. Nós temos que repensar Minas Gerais a partir das possibilidades que estão abertas. E o BDMG é um espaço exuberante para isso”, finalizou Brant.

Sérgio Gusmão Suchodolski é natural de São Paulo, bacharel em Direito pela USP, com mestrado em Direito, pela Harvard Law School, e em Comércio Internacional, Economia e Ciências Políticas, pela Sciences PO – Institut d’Études Politiques, de Paris. Foi diretor-geral do New Development Bank, o banco do Brics, em Xangai, na China; vice-presidente para Desenvolvimento Corporativo da Continental Grain Company – Arlon Capital Partners, grupo de investimentos com sede nos Estados Unidos; atuou no setor econômico da Embaixada do Brasil em Washington; foi chefe de Gabinete da presidência do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES); chefe da Assessoria Internacional da Secretaria de Assuntos estratégicos da Presidência da República; e supervisor de Defesa Comercial do Departamento de Relações Internacionais e Comércio Exterior da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), entre outras funções.

Também participaram da cerimônia os secretários de Estado de Desenvolvimento Econômico, Manoel Vitor de Mendonça Filho; de Governo, Custódio Mattos; de Transportes e Obras Públicas, Marco Aurélio Barcelos; de Cultura e Turismo, Marcelo Matte; a ouvidora-geral do Estado, Simone Deoud; o presidente do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), Nelson Missias; deputados estaduais; dirigentes do BDMG; presidentes de instituições e entidades representativas.

Clique aqui para ler o discurso de posse do novo Presidente.

Fonte: Ascom/BDMG