NOTÍCIAS

Instituições de fomento da região Sul debatem agenda do desenvolvimento

28 de junho de 2018 às 12:24
Compartilhe essa notícia

A ABDE promove, nesta quinta-feira (28/6), uma reunião com as Instituições Financeiras de Desenvolvimento (IFDs) da região Sul, em Curitiba (PR). Participam do encontro executivos das agências de fomento do Paraná (Fomento Paraná), de Santa Catarina (Badesc) e do Rio Grande do Sul (Badesul), do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) e dos bancos cooperativos Sicredi e Cresol. O presidente da ABDE, Marco Crocco, fez a abertura do encontro, ao lado do presidente do BRDE, Orlando Pessuti, anfitrião do evento, realizado na sede do banco no Paraná.

Orlando Pessuti destacou a importância da discussão quanto ao arcabouço institucional para o fomento de projetos que resultem em significativa melhora da infraestrutura. “E uma alegria para o estado do Paraná, em especial para o BRDE, em acolher a ABDE nestes dois dias para discutir o desenvolvimento da Região Sul e o papel das nossas instituições de fomento locais, do BNDES, Finep, instituições internacionais e do Banco Central”, disse o presidente do BRDE.

Crocco destacou que o momento atual, que antecede a disputa eleitoral, é fundamental para o Sistema Nacional de Fomento e a ABDE tem buscado se posicionar. “Temos a convicção de que o nosso sistema cabe em qualquer agenda, seja de direita ou de esquerda. Isso é consenso mundial. Essa discussão foi feita por outros países e todos chegaram à conclusão que é fundamental um sistema de fomento fortalecido”, afirmou.

Ele lembrou alguns dos pleitos das instituições, como o tratamento diferenciado por parte dos órgãos de regulação, uma vez que elas não geram risco sistêmico, mas chamou a atenção para a mudança de perfil nos bancos em todo o mundo. “Portanto, é necessário também repensarmos e trilharmos novos focos e buscarmos novas oportunidades. É isso que queremos colocar na pauta da discussão neste momento para o país: existe um ativo que está sendo construído e fortalecido, que é o SNF, e ele é fundamental para fazer o país voltar a crescer de forma sustentável”, completou o presidente da ABDE.

Além das instituições da região, também estiveram presentes representantes do Banco Central, do BNDES, da Finep e da consultoria Macroplan, que apresentou um estudo sobre PPP desenvolvido junto com o BID. O encontro contou com a participação de aproximadamente 40 pessoas.

Nesta sexta (29/6), acontece a edição da Região Sul do Ciclo de Seminários Regionais da ABDE, no Palacete dos Leões, em Curitiba.