NOTÍCIAS

Novo presidente da Finep é apresentado à comunidade científica

5 de fevereiro de 2019 às 11:27
Compartilhe essa notícia

Em evento na sede da Finep, nesta segunda-feira (18/2), no Rio de Janeiro, o ministro do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), Marcos Pontes, apresentou o novo presidente da Finep, General Waldemar Barroso, a representantes da comunidade que integra o sistema de Ciência, Tecnologia e Inovação do Brasil. O secretário-executivo da ABDE, Marco Antonio Lima, participou do evento, ao lado de gerente Técnico-Operacional da Associação, Cristine Viturino. O encontro contou, ainda, com a presença de autoridades dos setores acadêmico, científico, militar, empresarial e de Governo.

Em sua fala, o presidente da Finep agradeceu, inicialmente, ao ministro, pela oportunidade de ser apresentado à comunidade. Em seguida,sintetizou em uma palavra o sentimento que nutre a todos os presentes – respeito. “Respeito ao MCTIC pela orientação desde que assumi a presidência da Finep. Estendo esse respeito à comunidade científica, nossos parceiros, e às instituições de ensino superior, que introduzem a ciência e tecnologia em nossa sociedade. À indústria, que trabalha em conjunto com as instituições de pesquisa, merecem, também toda minha consideração. E meu respeito ao Exército Brasileiro”, afirmou, ressaltando que  está recebendo um “legado de profissionais da mais alta qualidade”.

O ministro do MCTIC, Marcos Pontes, afirmou que “a Finep é um órgão extremamente importante no MCTIC, assim como o CNPq e outras instituições aqui representadas. Só podemos enfrentar tempestades voando próximos uns dos outros” e disse que a ciência não pode parar. “Todos os países desenvolvidos, em momentos de crise, investem ainda mais em ciência, tecnologia e inovação”.

Posse – O novo presidente havia sido empossado no início de fevereiro, no dia 4/2, em substituição ao presidente interino da instituição, André Godoy. Na ocasião, ele declarou que a nomeação era uma missão que o deixava muito orgulhoso, pela importância da Finep. “Chego com a sensação de quem, além de exercer um cargo de liderança, vai pertencer a uma instituição de extrema relevância para o Brasil, que contribui para a geração de conhecimento, criação de riquezas e promoção da melhoria da qualidade de vida”, afirmou o novo presidente, que completou. “Fiquei muito bem impressionado com o profissionalismo técnico inquestionável e com a maneira como fui recebido – com transparência, comprometimento dos diretores, liderados pelo então presidente e diretor André Godoy”.

Segundo o general, o novo desafio de liderar uma instituição civil será encarado com naturalidade. “Será uma adaptação para um novo modelo – aqui temos conselho, comitês, outras instâncias com que teremos de aprender a trabalhar. Sairemos, também, de uma abrangência setorial de Defesa, para lidar com diversos setores no âmbito nacional”, diz.

Formação
O general Barroso tem graduação em Engenharia Mecânica e mestrado pelo Instituto Militar de Engenharia (IME), onde também foi comandante (reitor) de 2014 a 2017. Barroso foi instrutor da Academia Militar das Agulhas Negras (AMAN), Chefe da Seção de Ciência e Tecnologia do Departamento de C&T do Exército, Chefe de Comissão de Acompanhamento e Testes de Compra de Viaturas Blindadas Leopard pelo Exército Brasileiro, na Bélgica. Possui, ainda, Curso de Altos Estudos Militares de Política, Estratégia e Alta Administração do Exército.

Eleição
A partir de fevereiro de 2018, com a mudança do Estatuto Social da Finep realizada através de Assembleia Geral, como adequação à Lei das Estatais, os diretores e presidente da empresa são eleitos pelo Conselho de Administração, órgão de deliberação estratégica e colegiada da Finep, através da assinatura do Termo de Posse pelo Presidente do Conselho, e não mais por decisão ministerial, como era anteriormente.

Fonte: Finep