NOTÍCIAS

ABDE assina acordo com Governo Britânico

10 de outubro de 2018 às 14:25
Compartilhe essa notícia

A Associação Brasileira de Desenvolvimento (ABDE) assinou hoje, 10 de outubro, na sede da embaixada britânica, em Brasília, um acordo com o governo do Reino Unido para que sejam produzidas ações para a evolução de uma agenda sustentável, no âmbito das finanças verdes e governança ambiental e social. Entre os intuitos do documento, estão a elaboração de propostas aderentes também aos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS), principalmente ações de redução da pobreza e da promoção de impacto social.

A cerimônia contou com a presença do presidente da ABDE, Marco Aurélio Crocco, a vice-presidente, Jeanette Halmenschlager Lontra, o secretário-executivo, Marco Antonio Lima e o embaixador britânico no Brasil, Vijay Rangarajan.

De imediato, a primeira iniciativa da parceria será a capacitação das Instituições Financeiras de Desenvolvimento (IFD) para a ampliação de recursos para o financiamento de projetos sustentáveis, integrando o compromisso de redução de gases de efeito estufa firmado pelo Brasil na COP21, da Organização das Nações Unidas (ONU). A iniciativa contemplará três produtos: um relatório trazendo as principais recomendações para o Sistema Nacional de Fomento, em seus diversos segmentos, para atuação no cenário 2 graus; a capacitação de duas IFDs, o BDMG e o BRDE, como pilotos que estão se estruturando para emissão de Títulos Verdes e Títulos ODS e a disseminação dos resultados da ação anterior com as demais instituições financeiras de desenvolvimento. O processo começará ainda este mês e será totalmente financiado pela Embaixada.

A parceria das instituições é parte do Programa de Finanças Verdes do Fundo de Prosperidade do Governo do Reino Unido, implementado no Brasil, pela Embaixada Britânica. O Prosperity Fund, ou Fundo Prosperidade, é um fundo global do governo britânico que visa promover o desenvolvimento social e econômico e estimular a concorrência e a inovação nos países parceiros. O Brasil é um dos parceiros prioritários e o foco do programa se dará nas seguintes áreas: finanças verdes, comércio, energia, cidades futuras (mobilidade urbana e água), saúde e educação.

A ABDE integra as ações de conscientização sobre finanças verdes com base no compromisso de apoiar a capacitação de agentes brasileiros para construção do mercado de títulos verdes e sustentáveis, entre outros temas, como investimentos internacionais. “A ABDE tem a propósito de contribuir para o fortalecimento de suas instituições associadas e ajudar em ações que contribuam para impulsionar à sustentabilidade e investimentos de impacto, principalmente no que tange a promoção dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS). É inescapável o enfrentamento das questões climáticas com a promoção de soluções sustentáveis. Nesse sentido, a parceria junto ao governo britânico, sem dúvida, irá catalisar os projetos da Associação que preveem o treinamento para instituições de fomento que proporcionem o avanço de projetos e investimentos que incentivem a redução da emissão de carbono, com reflexos positivos para a sociedade e para as finanças verdes”, destacou o presidente da ABDE, Marco Crocco.

FINANÇAS VERDES – Impulsionar o debate e promover a temática da sustentabilidade junto as Instituições Financeiras de Desenvolvimento é uma preocupação constante da Associação, que vem realizando outras parcerias e iniciativas para incentivar a elaboração de produtos e soluções financeiras para os mercados que incluem a oferta de serviços como de água, transporte, energia, agricultura, infraestrutura e financeiro e ampliar os financiamentos do SNF a projetos sustentáveis. Entre essas iniciativas, vale mencionar o Laboratório de Inovação Financeira (LAB), parceria desenvolvida com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e a Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

O Embaixador Britânico no Brasil enfatizou a importância de parcerias na área “recentemente tivemos a criação do Green Finance Institute em Londres para reforçar as relações bilaterais e parcerias do Reino Unido em finanças verdes, que será uma importante plataforma para trazer recursos e expertise adicionais ao trabalho do setor privado no contexto da UK-Brazil Green Finance Partnership, um compromisso mutuo com o crescimento econômico sustentável, que foi estabelecido no Diálogo Econômico-Financeiro Brasil-Reino Unido do ano passado”, disse Vijay Rangarajan.

Vale destacar que os objetivos do acordo assinado entre as instituições brasileira e Governo Britânico convergem com os debates e as iniciativas que a ABDE vem promovendo nos últimos anos, de contribuir para tornar o país uma referência em projetos e investimentos que incentivem a redução da emissão de carbono, com melhorias e adaptação climática, para o impacto social e para as finanças digitais.

Com o memorando, a expectativa é de fortalecer os padrões internacionais nas Instituições Financeiras de Desenvolvimento, de acordo com a legislação brasileira, e aumentar a atratividade destas instituições para o mercado internacional.